Clínica Yokoyama Yokoyama Yokoyama
Responsabilidade
Home Currículo Consultório Mioma Saiba Mais Imprensa
Saiba Mais
Acessos para Hemodiálise Angiologia e Cirurgia Vascular Angioplastias
Cirurgias Arteriais Cirurgias de Veias Perfurantes Cirurgias dos Vasos Linfáticos Cirurgias Venosas Embolizações Terapêuticas Endarterectomia Endopróteses Vasculares Enxêrtos Vasculares Escleroterapia de Varizes Implante de Filtro de Veia Cava Laser
Radiologia Intervencionista Tromboembolectomia
ANGIOLOGIA E CIRURGIA VASCULAR

Esquema da Pequena e
da Grande Circulação
Anatomia do Coração

Vasos Sangüíneos

Angiologia e Cirurgia Vascular No organismo humano, assim como nos demais organismos dos vertebrados superiores, encontramos complexo sistema circulatório onde sangue e linfa são transportados. Podemos considerar dois sistemas circulatórios distintos, que agem paralela e independentemente, um responsável pela circulação sangüínea e outro responsável pela circulação linfática. A circulação sangüínea é realizada através do coração, que funciona como uma bomba propulsora e todo um sistema de vasos arteriais e venosos. Ainda dentro da circulação sangüínea, temos a pequena circulação (pulmonar) e a grande circulação (sistêmica).

A pequena circulação, ou circulação pulmonar, ocorre entre o coração e os pulmões: o sangue sai do ventrículo direito cardíaco e, através da artéria pulmonar, vai para os pulmões onde ocorrem as trocas gasosas, isto é, o sangue deixa o excesso de gás carbônico e recebe oxigênio. Através da veia pulmonar o sangue volta ao átrio cardíaco esquerdo. A grande circulação, ou circulação sistêmica, ocorre entre o coração e todo o organismo: o sangue sai do ventrículo esquerdo cardíaco e, através da artéria Aorta, parte para ser distribuído por todo o organismo, retornando ao átrio cardíaco direito através das veias Cava Superior e Cava Inferior. Por meio da circulação sistêmica, o sangue leva nutrientes, oxigênio e elementos vitais para cada célula e retorna trazendo subprodutos do metabolismo celular. A circulação linfática age independentemente da circulação sangüínea e o seu conteúdo, a linfa, através dos vasos linfáticos, acaba por desembocar no sistema venoso na confluência das veias Jugular Interna e Subclávia.

O sistema linfático transporta a linfa a partir dos espaços intersticiais, através dos capilares linfáticos, que recolhem os líquidos extravasados dos vasos sangüíneos. Dos capilares linfáticos, a linfa prossegue nos vasos linfáticos, chega aos troncos linfáticos e destes desemboca no ducto linfático, à direita e no ducto torácico, à esquerda.Ao longo dos vasos linfáticos encontramos os linfonodos, estruturas formadas por linfócitos encapsulados que filtram a linfa, retendo partículas estranhas e produzem células de importante função imunológica como linfócitos e plasmócitos. Portanto, no sistema circulatório humano notamos três tipos de estruturas condutoras, através das quais ocorrem a circulação sangüínea e a circulação linfática: artérias, veias e vasos linfáticos, estruturas estas diferentes morfológica e fisiologicamente.

Deve-se ainda salientar que a circulação arterial age independentemente da circulação venosa. A Angiologia trata do estudo dos vasossangüíneos e linfáticos e referentes sistemas circulatórios, sua anatomia, fisiologia, suas disfunções e patologias. A cirurgia vascular interfere nestes sistemas a fim de restaurar a circulação e sanar ou minimizar as conseqüências decorrentes de sua deficiência. Os procedimentos cirúrgicos vasculares abrangem as cirurgias arteriais, venosas, linfáticas, cirurgias que envolvem veias e artérias e, como mais recente item da cirurgia vascular, a cirurgia Endovascular que, através da Radiologia Intervencionista, surge como inovação e técnicas diferenciadas das cirurgias convencionais.
 

« Voltar  
Dr. Cláudio Atsushi Yokoyama - Todos os direitos reservados - 2008